Tratamento da infeção por VIH

Pode reforçar o seu sistema imunitário e ajudar a prevenir as infeções pulmonares

VIH e os pulmões

O que é importante saber?

O QUE É IMPORTANTE SABER?

A relação entre a infeção por vih e os problemas pulmonares

A idade, o estilo de vida e outras variáveis podem afetar a saúde dos pulmões, independentemente de estar infetado por VIH, ou não. No entanto, existem alguns fatores adicionais que as pessoas que vivem com infeção por VIH precisam de conhecer.

  • Opções de estilo de vida como fumar são muito comuns entre as pessoas que vivem com infeção por VIH.
    • Se fumar, tente reduzir a quantidade de cigarros que fuma ou parar mesmo de fumar, uma vez que esta prática pode causar cancro do pulmão e doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC). 
    • Fale com a sua equipa de cuidados de saúde sobre o apoio disponível para ajudar a reduzir ou mesmo eliminar o hábito de consumo de tabaco.
  • As pessoas que vivem com infeção por VIH podem ter um sistema imunitário fragilizado devido ao VIH
    • Isto significa que o risco de desenvolver infeções pulmonares é superior. Por exemplo, o risco de desenvolver tuberculose é mais elevado junto de pessoas que vivem com infeção por VIH. 
  • É importante cuidar de si, alimentar-se bem e ser fisicamente ativo para reduzir o risco de infeções pulmonares.
  • Alguns estudos sugerem que o VIH aumenta o risco de desenvolvimento de hipertensão arterial pulmonar (HAP), um termo médico para elevada pressão sanguínea nas artérias que fornecem o sangue aos pulmões, comparativamente às pessoas que não vivem com a infeção por VIH.
A saúde dos pulmões

A SAÚDE DOS PULMÕES

Sobre infeções e doenças pulmonares

  • As possíveis infeções pulmonares podem incluir:
    • Pneumonia caracteriza-se por inflamação e fluido nos pulmões. Pode ser geralmente tratada com muito descanso, antibióticos e ingestão de muitos líquidos
    • Bronquite – infeção das principais vias respiratórias dos pulmões, que podem ficar inflamadas. O descanso e a ingestão de muitos líquidos são uma boa opção, mas estão disponíveis medicamentos que poderão ajudar com os sintomas.
    • Tuberculose – é uma infeção pulmonar grave que é habitualmente tratada com antibióticos específicos
  • Entre as várias doenças pulmonares destaque para:
    • Hipertensão arterial pulmonar (HAP)– é uma doença pulmonar rara e de desenvolvimento lento, em que a pressão sanguínea elevada nos pulmões sobrecarrega o coração. Esta é uma doença grave que pode ser difícil de diagnosticar porque os sintomas são frequentemente associados a outras doenças, como doenças cardíacas, entre outros problemas pulmonares. Fale com a sua equipa de cuidados de saúde se tiver preocupações.
    • Doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC)– é uma doença pulmonar que limita a capacidade respiratória. É causada por danos nos pulmões provocados ao longo dos anos, essencialmente devido ao tabaco.
    • Cancro do pulmão – existem dois tipos: carcinoma pulmonar de pequenas células (menos comum) e cancro do pulmão de não-pequenas células, que representa mais de 80% dos casos de cancro.
    • Asma – uma doença pulmonar comum que causa dificuldades respiratórias ocasionais devido à inflamação das vias respiratórias. A asma afeta pessoas de todas as idades e pode ser desencadeada por diferentes elementos: alergénios (como ácaros domésticos), irritantes (como o fumo do cigarro) e infeções no tórax.
  • Sintomas como tosse, falta de ar, pieira no peito, tosse com sangue, fleuma ou muco e dor nos pulmões podem ser sintomas de problemas pulmonares.
  • O tabagismo é a causa mais comum de problemas relacionados com os pulmões e com doença pulmonar obstrutiva crónica. 
    • A probabilidade de contrair uma doença pulmonar e infeção pulmonar aumenta à medida que envelhece.
A Infeção por VIH pode causar doenças pulmonares?

A INFEÇÃO POR VIH PODE CAUSAR DOENÇAS PULMONARES?

A infeção por VIH, por si só, não causa doenças pulmonares, mas é importante perceber de que forma a infeção por VIH pode afetar os seus pulmões. Por exemplo: 

  • Uma infeção na garganta ou nos pulmões, poderá desenvolver-se com maior frequência ou com maior gravidade nas pessoas que vivem com VIH, devido à depressão do seu sistema imunitário.
  • Se fumar, irá aumentar significativamente a probabilidade de desenvolver doenças pulmonares, como cancro ou doença pulmonar obstrutiva crónica, comparativamente a um não fumador. 
  • Alguns estudos sugerem que a infeção por VIH pode aumentar o risco de desenvolver hipertensão arterial pulmonar (HAP), um termo médico para alta pressão sanguínea nas artérias que fornecem sangue aos pulmões, comparativamente às pessoas que não vivem com infeção por VIH.

Estou em risco?

A sua equipa de cuidados de saúde pode realizar uma série de testes para verificar a saúde dos seus pulmões. Estes podem incluir:

  • Rever as suas opções de estilo de vida
  • Auscultar o peito
  • Raio-X
  • Teste de função pulmonar – medição do volume de ar nos seus pulmões
  • Exames para tuberculose
  • Rever a sua medicação para a infeção por VIH

E se já tiver uma doença pulmonar ou uma infeção pulmonar?

Fale com a sua equipa de cuidados de saúde sobre as suas opções de estilo de vida para identificar quaisquer alterações necessárias

  • Se fumar deve parar ou pelo menos reduzir o consumo de tabaco, uma vez que o tabagismo é uma das principais causas de cancro do pulmão ou doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), os quais podem causar outros problemas pulmonares e prejudicar a capacidade de recuperação de uma infeção. 
  • Uma contagem de células CD4 mais alta, uma baixa carga vírica do VIH e o tratamento da infeção por VIH podem reduzir a gravidade de uma infeção pulmonar e a probabilidade de uma nova ocorrência.
  • A sua equipa de cuidados de saúde vai indicar-lhe que tratamentos deve seguir para as infeções, e que mudanças de estilo de vida deve fazer para manter o seu sistema imunitário o mais forte possível.
  • As doenças pulmonares podem ser geridas e algumas infeções pulmonares, como a tuberculose, a pneumonia e a bronquite podem ser tratadas com recurso a medicamentos corretos.
O que perguntar?

O QUE DEVO PERGUNTAR?

Pergunte à sua equipa de cuidados de saúde:

  • Que mudanças devo fazer no meu estilo de vida para gerir o risco de poder desenvolver uma doença pulmonar?
  • De que forma a minha dieta e/ou regime alimentar podem ajudar?
  • Como posso reduzir o número de cigarros que fumo ou mesmo parar de fumar?
  • Quais os sintomas de doença pulmonar?
  • Com que frequência devo realizar os exames para tuberculose ou infeções pulmonares?
  • O que devo fazer se ficar com falta de ar?
  • A minha medicação para a infeção por VIH pode interagir com a minha medicação para a doença pulmonar?
5
Sugestões

PARA CUIDAR DA SUA SAÚDE

  1. Pare de fumar ou tome medidas para reduzir o número de cigarros que fuma
  2. O exercício regular
    pode melhorar a saúde dos seus pulmões
  3. Check-ups regulares
    podem ajudar a diagnosticar tuberculose ou outras doenças pulmonares
  4. Imunizações regulares,
    particularmente vacinas pneumocócicas e da gripe, devem ser discutidas com a sua equipa de cuidados de saúde
  5. Continue o tratamento para a infeção por VIH
    para manter o seu sistema imunitário mais forte