Mais de 60%

DAS PESSOAS INFETADAS POR VIH TÊM UMA DENSIDADE MINERAL ÓSSEA REDUZIDA

O VIH e os ossos

O que é importante saber?

O QUE É IMPORTANTE SABER?

O VIH afeta cada pessoa de modo diferente e pode ter impacto na saúde óssea. Para algumas pessoas pode existir um risco acrescido de desenvolver osteoporose (ossos fracos e mais finos), apesar de o facto de viver com infeção por VIH não significar necessariamente que virá a ter esta doença.

O que pode ter impacto na saúde dos ossos?

  • Fatores do estilo de vida, incluindo:
    • Hábitos tabágicos
    • Baixo peso corporal
    • Consumo de álcool
  • A própria infeção por VIH
  • Baixos níveis hormonais (em particular das hormonas sexuais testosterona e estrogénio)
  • Alguns medicamentos antirretrovíricos estão associados a uma perda óssea

No entanto, existem exames e meios para controlar a saúde dos ossos e informações que podem ajudar a fazer escolhas para preservar a saúde dos mesmos. Independentemente de ter ou não infeção por VIH, qualquer pessoa pode desenvolver osteoporose

Fale com a sua equipa de cuidados de saúde sobre:

  • Os seus níveis hormonais
  • Os seus níveis de vitamina D e cálcio
  • Se está a fazer o tratamento mais adequado para si

Familiarize-se com os resultados dos seus exames médicos para controlar a saúde dos seus ossos.

Envelhecimento saúdável com infeção por VIH

A saúde dos ossos

A SAÚDE DOS OSSOS

  • Osteoporose significa literalmente 'ossos porosos' e é uma doença frequentemente designada por doença dos ossos frágeis
  • Os ossos perdem a força e tornam-se mais propensos a fraturas, normalmente na sequência de um choque ligeiro ou queda
  • Depois dos 35 anos, os nossos ossos começam a ficar mais finos. Esta mudança da qualidade dos ossos é cada vez mais provável à medida que envelhecemos, o que explica porque razão, na velhice, os ossos são mais frágeis e as fraturas mais comuns
  • Outra doença – a osteopénia – descreve os casos em que a densidade mineral óssea (também conhecida por DMO) é inferior ao normal, sem ser tão grave como a osteoporose
O VIH pode causar osteoporose?

O VIH pode causar osteoporose?

Não há uma resposta simples; o VIH pode afetar cada pessoa de forma diferente, mas estudos realizados sugerem que até 67% das pessoas que vivem com infeção por VIH têm ossos fracos (baixa densidade mineral óssea /diminuição da densidade óssea) e 15% têm osteoporose.

Estou em risco?

  • As mulheres são mais propensas a sofrer de osteoporose, porque a perda óssea torna-se mais rápida após a menopausa, durante vários anos
  • As pessoas com mais de 50 anos estão em maior risco, já que os ossos tornam-se progressivamente mais finos, mais fracos e mais frágeis
  • A etnia e a história familiar também podem ter influência no risco
  • Os hábitos tabágicos, um regime alimentar deficiente e o consumo de álcool aumentam igualmente o risco.

Para controlar regularmente a saúde dos seus ossos, a equipa de cuidados de saúde pode:

  •  Examinar consigo as suas opções de estilo de vida para identificar o que pode mudar, incluindo:
    • Dieta
    • Consumo de álcool
    • Hábitos tabágicos  
  • Testar o seu nível de vitamina D
  • Rever os medicamentos que está a tomar, incluindo a terapêutica para a infeção por VIH

E se os meus ossos já estiverem a ficar mais finos?

É possível melhorar a densidade dos ossos e reverter até certo ponto a diminuição da massa óssea.

Há mudanças de estilo de vida que contribuem para ajudar a saúde dos seus ossos, tais como: 

  • Deixar de fumar ou reduzir o consumo de tabaco
  • Fazer uma alimentação saudável
  • Diminuir o consumo de álcool
  • Ingerir cálcio e Vitamina D suficientes

Que mais pode ajudar?

Também existem medicamentos para diminuírem o risco de fraturas ósseas. Fale com a sua equipa de cuidados de saúde para obter mais informações.

O que perguntar?

O QUE PERGUNTAR?

  • Que mudanças preciso de fazer no meu estilo de vida?
  • O tratamento para a infeção por VIH é o mais adequado?
  • Como posso ingerir cálcio e vitamina D em quantidade suficiente e quais são os meus níveis de cálcio e vitamina D?
  • Qual é o meu risco de diminuição da densidade mineral óssea?
  • Preciso de fazer um exame ósseo? Quais são os sinais ou sintomas de uma densidade mineral óssea baixa?
  • Terei necessidade de fazer algum tratamento para a diminuição da densidade mineral óssea
  • Preciso de fazer exames médicos regulares?
  • Que mais posso fazer para cuidar da minha saúde óssea?

5

Sugestões

Para cuidar da saúde dos seus ossos

  1. Converse com a sua equipa de cuidados de saúde
  2. Não fume
  3. Mantenha um peso saudável
    através de uma alimentação equilibrada e rica em cálcio (é importante não ter peso a mais nem a menos)
  1. Pratique exercício físico
    (correr ou subir escadas), sob a orientação da sua equipa de cuidados de saúde
  2. Evite consumo exagerado de bebidas alcoólicas